quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Diabetes e insuficiência renal


A diabetes mellitus, normalmente conhecida por diabetes (e em alguns países por “sugar” – açúcar) é uma condição que ocorre quando o corpo não fabrica insulina suficiente ou quando o corpo não consegue utilizar quantidades normais de insulina de forma adequada. A insulina é um hormônio que regula a quantidade de açúcar no sangue. Um alto nível de açúcar no sangue pode causar problemas em muitas partes do corpo.

Existem tipos diferentes de diabetes?
Sim. Os mais comuns são tipo 1 e tipo 2. A diabetes tipo 1 é responsável por aproximadamente 10 por cento dos casos. Ela normalmente se inicia na infância. Quando a pessoa tem esse tipo de diabetes, seu pâncreas não fabrica insulina suficiente e ela necessita tomar injeções de insulina. A diabetes tipo 2 (o tipo mais comum de diabetes) normalmente ocorre em pessoas com idade acima de 45 anos, mas está se tornando mais comum em pessoas mais jovens. Quando a pessoa tem esse tipo de diabetes, seu pâncreas não fabrica insulina suficiente e ela necessita tomar injeções de insulina. Freqüentemente, o alto nível de açúcar no sanguepode ser controlado por perda de peso, exercícios e pílulas, mas a insulina também

pode ser necessária. A diabetes tipo 2 é particularmente comum entre afro-americanos, hispano-americanos, americanos de origem asiática e índios americanos.

 Como a diabetes afeta o corpo?
Se não controlada, a diabetes pode causar danos a muitas partes do corpo, especialmente rins, coração, olhos e nervos. Podem ocorrer o desenvolvimento de pressão sangüínea alta e endurecimento das artérias (arteriosclerose), que podem levar a doenças do coração e dos vasos sangüíneos.


O que a diabetes causa nos rins?

A diabetes pode danificar os vasos sangüíneos dos rins. O primeiro sinal de problema renal é a PRESENÇA de albumina (um tipo de proteína) na urina. Um teste de urina sensível a uma microquantidade de albumina
(microalbuminuria) ajuda a detectar o problema renal em um estágio inicial em pessoas com diabetes. Mais adiante, a função renal pode se reduzir. A função renal é verificada estimandose a taxa de filtração glomerular (TFG) dos resultados da dosagem de creatinina do sangue. Quando os rins estão afetados, eles
não conseguem limpar o sangue adequadamente e acumulam-se resíduos no sangue. O corpo reterá mais água e sal do que deveria, o que pode resultar em ganho de peso e inchaço do tornozelo. A diabetes também pode prejudicar os nervos (neuropatia) do corpo. Isso pode levar a dificuldades para esvaziar a bexiga. A pressão resultante da bexiga cheia pode retornar e afetar os rins. Além disso, se a urina ficar na bexiga por muito tempo, pode provocar uma infecção do trato urinário. Isso acontece porque
as bactérias crescem rapidamente na urina com um alto nível de açúcar.


Quantas pessoas com diabetes chegam a ter insuficiência renal crônica?

Cerca de um terço das pessoas com diabetes podem eventualmente desenvolver insuficiência renal crônica (IRC). Alguns grupos, como os afro-americanos, americanos de origem asiática, hispano-americanos e índios americanos podem ter um risco maior de apresentar essa complicação.

O que as pessoas com diabetes podem fazer para prevenir a  insuficiência renal?
A manutenção de um bom controle do açúcar no sangue pode reduzir o risco de se contrair a insuficiência renal crônica. A pessoa deve fazer um teste de albumina (um tipo de proteína) na urina pelo menos uma vez por ano. A pessoa deve verificar sua pressão sangüínea com a freqüência recomendada pelo médico e tomar medicamentos para a pressão sangüínea caso o médico determine. A pessoa deve fazer exames de sangue para verificar o controle de açúcar no sangue e a função renal com base no nível de creatinina no sangue. Deve seguir a dieta para diabetes e fazer exercícios regularmente. Evitar álcool e cigarros. Consultar
o médico com a freqüência solicitada. Muitas pessoas com diabetes não desenvolvem a insuficiência renal crônica. Ser diabético nem sempre significa ter problemas renais. Deve-se conversar com o médico para ter conhecimento da probabilidade de se contrair a insuficiência renal crônica.

Quais são os primeiros sinais de insuficiência renal crônica em pessoas com diabetes?


Para quem tem diabetes, o primeiro sinal de insuficiência renal crônica é a presença de albumina na urina. Ela está presente muito antes de existir evidência de insuficiência renal nos exames de sangue normais no consultório médico. A albumina na urina pode também ser um sinal precoce de anormalidades nos vasos
sangüíneos que podem levar a doença cardíaca. Assim, é importante solicitar ao médico que faça um exame de urina para microalbumina (microalbuminuria) anualmente. Deve-se fazer um exame de sangue comum
para creatinina sérica para se estimar a capacidade de filtração dos rins – denominada taxa de filtração glomerular (TFG). A pessoa usará mais o banheiro à noite. A pressão sangüínea pode ficar muito alta. A
pessoa com diabetes deve fazer exames de sangue, urina e pressão sangüínea periodicamente. Assim é possível se obter um melhor controle da doença e um tratamento .

Sinais de insuficiência renal em pessoas com diabetes
Sinais precoces:

  • Albumina na urina (também indica um risco maior de doença cardíaca)

  • Uso mais freqüente do banheiro à noite

  • Alta pressão sangüínea
Sinais tardios:

  • Inchaço do tornozelo e perna, cãibras na perna;

  • Altos níveis de nitrogênio uréico no sangue (NUS) e uma redução na taxa de filtração glomerular (TFG);

  • Menor necessidade de insulina ou pílulas para diabetes;

  • Fraqueza, palidez e anemia;

  • Coceira;
  • Enjôo matinal, náusea e vômito precoce da pressão sangüínea alta e da insuficiência renal.
Quais são os sinais tardios de insuficiência renal em pessoas com diabetes?

Os sinais tardios podem ser ganho de peso e inchaço do tornozelo (edema). À medida que a insuficiência renal evolui, a pessoa apresenta um aumento do NUS e uma redução da TFG. Pode apresentar náusea, vômitos, perda de apetite, fraqueza, aumento da fadiga, coceira, cãibras nos músculos (especialmente nas pernas) e uma baixa contagem de células sangüíneas (anemia). A pessoa acha que necessita de menos medicamentos para diabetes ou insulina. Isso ocorre porque os rins afetados levam a uma menor decomposição da insulina. Quem apresentar qualquer um desses sinais, deve procurar o médico.
Quem apresentar qualquer um dos sinais de insuficiência renal descritos acima, precisa procurar o médico.

O que acontecerá se a função renal estiver abaixo do normal?
Em primeiro lugar, o médico precisa descobrir se a diabetes provocou o problema. Outras doenças podem causar problemas nos rins. Se nenhum outro problema for encontrado, o médico tentará manter os rins funcionando pelo maior período de tempo possível. O uso de tipos especiais de medicamentos para pressão sangüínea alta denominados inibidores da enzima conversora de angiotensina (ECA) e bloqueadores dos receptores da angiotensina (BRA) mostrou ajudar a retardar a perda da função renal e a reduzir a doença cardíaca na diabetes.

As seguintes providências podem ajudar os rins a funcionarem melhor e durarem mais:

  • controlar o açúcar no sangue com dieta, exercícios e medicamentos;

  • controlar a pressão sangüínea alta restringir a quantidade de sal na dieta para  ajudar a controlar a pressão sangüínea alta e reduzir o inchaço do corpo;

  • tratamento de infecções do trato urinário;

  • correção de qualquer problema no sistema urinário;

  • evitar medicamentos que possam afetar os rins (especialmente antiinflamatórios e analgésicos);

  • confirmar com o médico antes de tomar suplementos fitoterápicos.
 
 
A dieta diabética é uma parte muito importante do tratamento de todos os pacientes com diabetes, mesmo que não sofram de insuficiência renal crônica.

National Kidney Foundation  30 East 33rd Street New York, NY 10016 (+1)212.889.2210
Matérias relacionadas:

2 comentários:

Adriana Caputo disse...

Obrigada pelas informações. Grata.

rafael.augusto17 disse...

Renais tem isenções em compra de carros , em iptu e se vc adquiriu um imóvel antes de ficar doente e ainda está pagando este imóvel vc tem direito a ter seu imóvel quitado no meu blog tem algumas informações sobre isso confira.... http://viverbemsendorenal.comunidades.net/index.php?pagina=1029521782

Postar um comentário

Postagens populares