quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Coaching e Diabetes

O que é Coaching


De acordo com a Sociedade Brasileira de Coaching (SBC), o Coaching é uma ferramenta que existe para melhorar qualquer aspecto da vida pessoal ou profissional das pessoas. É um processo que foi desenvolvido, seguindo uma metodologia de aplicação imediata, e com resultados rápidos. O processo possui começo, meio e fim utilizado como um gerador de novas perspectivas e oportunidades as quais resultam em um significativo aumento no nível de satisfação e mais felicidade.


A SBC ainda afirma que o Coaching é um dos 10 mais importantes processos que trabalha especificamente com o aperfeiçoamento humano. É capaz de encurtar o alcance de resultados e auxilia e até supera as principais qualidades e habilidades de uma pessoa, enquanto elimina todas as limitações e dificuldades encontradas.




Benefícios do Coaching


A SBC ressalta que ao iniciar um processo de Coaching você passa a contar com um profissional que vai ser seu assessorar particular. A função desse profissional é manter você altamente focado, motivado e organizado até que você conquiste seu objetivo. O Coach ajuda a gerar em você novas perspectivas, encorajamento, percepção, atenção concentrada, e principalmente, confiança para atingir as melhorias que quer para sua vida. Conduz você ao  potencial máximo transferindo importantes conhecimentos e aprendizados que vão ser fundamentais em todos os momentos de sua vida. Você vai aprender a manter-se concentrado e saber utilizar toda a energia, conhecimento para que, em menos tempo possível, consiga realmente ser e fazer o que quer para ser mais feliz.


De acordo com a reportagem "Diabetes Experts Having a Diabetes Coach is a Good Physical and Mental Health Investment" pessoas que sofrem de diabetes tipo 1 ou tipo 2 sentem-se sozinhas  na luta com a dieta, atividades físicas, bem como psicologicamente. Neste momento torna-se fácil perder o foco e descuidar da saúde. Por ser uma doença silenciosa muitas pessoas sofrem com os sintomas consequentes do descuido. O Coach ajuda a manter o foco e buscar alternativas para conviver saudavelmente e feliz com a Diabetes. O profissional o tratará como um todo, não somente a doença, mas todos os aspectos que podem melhorar  vida do coaching (aquele participa do processo).

Mas não confunda o COACHING com terapia, são processos diferentes. O fato do Coaching trabalhar o indivíduo como um todo (desde o emocional ao físico) pode ocorrer este tipo de confusão.

Particularmente eu recomendo o Coaching pois durante o primeiro semestre de 2010 optei por fazer. Busquei o Coaching por estar insatisfeita com minha carreira de docente como bióloga. Passei pelo processo, o qual muitas vezes quis desistir pois sair da zona de conforto é dolorido, e dentro do prazo estabelecido por mim mesma, atingi meu objetivo. Hoje tenho o foco na gastronomia, utilizo todas as ferramentas que me foram ensinadas para atingir as etapas as quais me proponho. A cada dia novos ensinamentos. O processo me ajudou no profissional embora fizesse com que eu focasse na minha saúde (que não estava das melhores), na minha família (um tanto abandonada pela minha insatisfação), no meu lazer (não existia pois nunca tinha tempo) e principalmente no meu relacionamento. Não há como  trabalhar somente um aspecto  da nossa vida, somos um indivíduo completo e por isto devemos estar sempre equilibrados ou em busca disto.

Deixo a dica de 2011, não somente para as pessoas diabéticas mas a todos que queiram deixar a zona de conforto e buscar novos caminhos. 


Personal Coaching Carolina Lara Resende Couto
 http://carolinacoaching.blogspot.com










MUDAR 
(Edson Marques por Clarice Lispector)



" Mude, mas comece devagar,

porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair,
procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde
você passa.


Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia.
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor.
a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.

Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem
despretensiosa,
longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas,
mas não é isso o que importa.

O mais importante é a mudança,
o movimento,
o dinamismo,
a energia.
Só o que está morto não muda !

Repito por pura alegria de viver:
a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não
vale a pena!!!!  "

Abraços e feliz 2011!!!!!







terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Torta de sorvete com bolo Diet / light



Pessoal,



Mais um ano chegou ao final, ufa, quanto trabalho e com certeza com recompensas!!!!! 


Fica aqui os votos de um FELIZ NATAL, espero que o espírito do nascimento de Cristo ilumine a vida de vocês com muito amor, saúde e paz.

Deixo aqui uma dica de torta de sorvete com bolo!!!!! Adaptei do Blogers.


Receita de Torta de sorvete de chocolate com Marshmallow
INGREDIENTES

Massa de pão de ló:
4 ovos;
4 colheres de sopa rasa de farinha de trigo;
2 colheres de sopa cheias de adoçante de forno e fogão;
2 colheres de sopa de chocolate em pó diet ou cacau em pó;
Calda: 
200 g de chocolate diet picado;
1/2 xícara (chá) de creme de leite sem soro; 
1/2 xícara (chá) de nozes picadas. 
Recheio: 
1 litro de sorvete de chocolate diet. 
1 litro de sorvete de creme diet;
Modo de Preparo: 
Batas os ovos até que dobrem de tamanho. Misture a farinha de trigo e o chocolate gentilmente na massa. Leve ao forno em forma desenformável ou em refratário para assar a 220 graus. Deixe esfriar. 
Prepare o ganache, misture o creme de leteite e o cholocate picado num refratário e derreta em microndas por 2 minutos (potência baixa). Retire do microndas misture e repita o processo até que o chocolate esteja totalmente derretido. Cuidado, se a mistura sair fumaça você queimou o chocolate. Isto nunca poderá ocorrer. Misture parte das nozes, reserve algumas para decorar. Deixe esfriar por 10 minutos. 
Distribua o sorvete de chocolate e por cima o de creme sobre a massa de pão de ló fria, espalhe a calda e leve ao freezer até firmar. . Mantenha no freezer por 24 horas. Antes de servir retire do freezer uns 5 a 10 minutos antes. Decore com as nozes e sirva.
DICA: para que fique mais light, retire o chocolate da massa bem como o sorvete deste sabor. Utilize sorvetes de iogurte de frutas. Utilize calda de frutas diet.
Bom apetite e feliz natal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Presenteie as pessoas que ama com COOKIE 

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O Câncer e a alimentação

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer  o câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se (metástase) para outras regiões do corpo. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores (acúmulo de células cancerosas) ou "neoplasias malignas". O tumor benigno significa simplesmente uma massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu tecido original, raramente constituindo um risco de vida.

Os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo. Por exemplo, existem diversos tipos de câncer de pele porque a pele é formada de mais de um tipo de célula. Se o câncer tem início em tecidos epiteliais como pele ou mucosas ele é denominado “carcinoma. Se começa em tecidos conjuntivos como osso, músculo ou cartilagem é chamado de “sarcoma.Outras características que diferenciam os diversos tipos de câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir tecidos e órgãos vizinhos ou distantes (metástases).

Segundo a mesma matéria o câncer pode ter diversas causas sendo:
  • Externas: relacionam-se ao meio ambiente e aos hábitos ou costumes próprios de um ambiente social e cultural.
  • Internas: na maioria das vezes, geneticamente pré-determinadas, ligadas à capacidade do organismo de se defender das agressões externas.
Tais fatores causais podem interagir de várias formas, aumentando a probabilidade de transformações malignas nas células normais. Sabe-se que 80% a 90% dos cânceres estão associados a fatores ambientais e alguns deles são bem conhecidos: o cigarro pode causar câncer de pulmão, a exposição excessiva ao sol pode causar câncer de pele, e alguns vírus podem causar leucemia. Outros ,ainda em estudo, relacionam-se com componentes dos alimentos que ingerimos.

O que ocorre com as células cancerígenas do corpo?

Ao desenvolver o câncer as células do corpo sofrem alterações no DNA (que comanda o funcionamento normal) e passam a se comportar de forma anormal da seguinte maneira:

• Multiplicam-se de maneira descontrolada, mais rapidamente do que as células normais do tecido à sua volta, invadindo-o. Geralmente, têm capacidade para formar novos vasos sanguíneos que as nutrirão e manterão as atividades de crescimento descontrolado. O acúmulo dessas células forma os tumores malignos que:

• Adquirem a capacidade de se desprender do tumor e de migrar. Invadem inicialmente os tecidos vizinhos, podendo chegar ao interior de um vaso sangüíneo ou linfático e, através desses, disseminar-se, chegando a órgãos distantes do local onde o tumor se iniciou, formando as metástases. Dependendo do tipo da célula do tumor, alguns dão metástases mais rápido e mais precocemente, outros o fazem bem lentamente ou até não o fazem.

As células cancerosas são, em geral, menos especializadas nas suas funções do que as suas correspondentes normais. Conforme as células cancerosas vão substituindo as normais, os tecidos invadidos vão perdendo suas funções e pode chegar à falência do órgão.

Alimentação de risco

Muitas são as causas do câncer e dentre elas sabe-se que os componentes da alimentação têm sido associados com o processo de desenvolvimento do câncer, principalmente câncer de mama, cólon (intestino grosso) reto, próstata, esôfago e estômago.

Alguns tipos de alimentos, se consumidos regularmente durante longos períodos de tempo, parecem fornecer o tipo de ambiente que uma célula cancerosa necessita para crescer, se multiplicar e se disseminar. Esses alimentos devem ser evitados ou ingeridos com moderação. Neste grupo estão incluídos os alimentos ricos em gorduras, tais como carnes vermelhas, frituras, molhos com maionese, leite integral e derivados, bacon, presuntos, salsichas, lingüiças, mortadelas, dentre outros. Existem também os alimentos que contêm níveis significativos de agentes cancerígenos tais  como  os conservantes (nitritos e nitratos) adicionados em enlatados, embutidos, defumados entre outros. Os alimentos preservados em sal, como carne-de-sol, charque e peixes salgados, também estão relacionados ao desenvolvimento de câncer de estômago em regiões onde é comum o consumo desses alimentos. Antes de comprar alimentos, compare a quantidade de sódio nas tabelas nutricionais dos produtos.


Embora muitos alimentos tenham efeitos maléficos algumas substâncias já são comprovadamente benéficas ao organismo, auxiliando na prevenção e tratamento de diversas doenças. Os pesquisadores acreditam que tais substâncias podem proteger o DNA das células e regular a resposta do sistema de defesa (imunológico)  do nosso corpo.


Alimentos funcionais:
 
Alho: contém alicina que previne os cânceres em geral.






 


Repolho, couve-flor e brócolis: contém glicosinolatos que previnem o câncer de mama e cólon do intestino.
 










Linhaça: contém lignanas que previnem o câncer de mama e pulmão.








Soja: contém isoflavonas que previnem o câncer de mama e útero.






Chá verde: contém polifenóis que previnem o câncer de mama.









Tomate: contém licopeno que previne o câncer de próstata.









Frutas cítricas: contém limonóides que previnem os cânceres em geral

Fontes:

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Defesas imunológicas

O corpo humano tem uma série de defesas contra ameaças e agressões externas.
Essa proteção natural chama-se defesa imunológica e é fundamental para a preservação da vida porque confere maior resistência ao organismo.
O processo imunológico se inicia quando as estruturas de defesa do corpo reconhecem algum material estranho.

O ataque a esse material estranho pode ser feito por mecanismos de resistência natural ou através de respostas imunológica específica, adquirida por meio de vacinas.

Um importante mecanismo de defesa do sangue são os glóbulos brancos que formam um verdadeiro exército atuando dentro do nosso corpo.

Eles aumentam de número quando aparece uma infecção, elevando as defesas e ajudando no combate.

Essenciais também são as plaquetas, que aumentam a velocidade da coagulação sangüínea, “fechando o corpo” quando nos ferimos ou nos cortamos.

Mas o sistema imunológico também pode provocar o aparecimento de efeitos indesejáveis, como reações alérgicas e doenças auto-imunes (como artrite reumatóide, onde os mecanismos de defesa do próprio organismo agridem os tecidos das articulações, provocando a doença).

Para manter as defesas imunológicas em dia, é importante dormir bem, evitar o excesso de estresse e consumir alimentos ricos em fibras como carboidratos integrais (farinhas integrais), frutas, verduras e carnes brancas como peixes e frango em abundância.

http://zambon.com.

Postagens populares