segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

A importância das fibras na alimentação

As fibras são um tipo de células vegetais que sustentam o corpo da planta, dão rigidez. Quanto mais velho o vegetal maior a quantidade de fibras encontradas. Exemplo disto é mastigar palmito velho, cana de açúcar, talo de folha de couve velha, talos de brócolis... o emaranhado de ruim de ser mastigado é composto por este tipo de célula. 

As fibras podem ser classificadas freqüentemente em duas categorias: as que não dissolvem em água (fibras insolúveis) e as que dissolvem (fibras solúveis). Cada uma delas cumpre um papel específico.
  • Fibra insolúvel: aumenta o bolo fecal. Ao fazer isso, aumenta o movimento do sistema digestivo e aumenta o tamanho de próprio bolo fecal (das fezes), sendo portanto benéfico para as pessoas que lutam contra a constipação. Farinha de trigo integral, farelo de trigo, nozes e muitos vegetais são boas fontes de fibras insolúveis.

  • Fibra solúvel:  dissolve em água formando um material tipo gel, o qual adsorve ("liga-se quimicamente") gorduras e açúcares, dificultando sua absorção, desse modo ajudando a controlar níveis de glicose e de colestrol por reduzir sua absorção no intestino. São encontradas em quantidades generosas em aveias, ervilhas, feijões, maçãs, frutas cítricas, cenouras e cevada.
As fibras mantêm o bolo fecal hidratado e faz com que a gordura, a proteína, os carboidratos e demais compostos fiquem "presos" ao emaranhado. Este reage com as moléculas de água permitindo a hidratação das fezes. Tal evento torna-se essencial para o bom funcionamento intestinal  além de reduzir o risco de desordens como hemorróidas, síndrome do intestino irritável e de doença diverticular do cólon. 





Outra importância das fibras é a baixar o colesterol sanguíneo e reduzir a velocidade da absorção de açúcar o que, nas pessoas com diabetes, pode ajudar a melhorar o nível sanguíneo, auxiliando no controle da doença. Uma dieta rica em fibras também pode reduzir o risco de desenvolver 2 diabetes. 



Uma dieta rica em fibras alimentares auxilia na perda de peso. Alimentos com alto teor de fibra requerem mais  mastigação, o que dá tempo ao corpo de registrar a saciedade mais precocemente, impedindo assim se coma além do necessário. Também tende a fazer com que o corpo sinta que comeu mais e a sensação de estomago cheio seja mais prolongada. Tais dietas tendem a ser menor calóricas ajudando na redução de peso. Este efeito foi citado na matéria sobre carga glicêmica neste blog.



Vários estudos têm indicado que a alimentação rica em fibras auxilia, principalmente, na prevenção de câncer de cólon e reto. Pois adsorvem (atraem) a água e com ela as substâncias tóxicas que ficam no intestino. Por isto é tão importante a ingestão de grande quantidades de alimentos ricos em fibras. Infelizmente as lanchonetes vendem alimentos com alto teor de carboidratos e gorduras.  Um sanduíche e um suco naturais saem mais caro do que uma coxinha e um refrigerante... passo por isto também. Claro que uma vez ou outra não há problema, mas todos os dias não dá. 





Uma sugestão bacana é carregar barras de cereais e frutas, equivalem a um lanche, e são muito saudáveis. 


Temos que pensar que uma alimentação equlibrada hoje ajuda na qualidade de vida de nossa velhice. Comer relaxadamente sem se preocupar causa problemas a longo prazo....


Bons lanches fibrosos a todos!!!!!





Fontes:

1 comentários:

Ana disse...

Amei seu blog!!! Você deveria cadastrá-lo na lista dos melhores blogs da internet. Envie ele para a lista pelo seguinte endereço: www.sigablogs.com.br/diretorio/cadastrar-blog

Postar um comentário

Postagens populares